terça-feira, 16 de abril de 2013

Son, I am disappoint

Ando eu para aqui a queixar-me que o Sol não há meio de aparecer (aqui) e quando este finalmente aparece e vem alegadamente para continuar por cá, o que faço é ficar fechado em casa durante os últimos cinco dias. «De amanhã não passa», digo eu à minha pessoa, ao mesmo tempo que isso me provoca riso, não só por já o andar a dizer há cinco dias, mas principalmente por estar a dar como garantido esse místico «amanhã» que ocorrerá um dia, uma prova clara de que não ando a aprender nada com as divagações filosóficas sobre a natureza do tempo, presentes no livro com que ando a entreter esse mesmo tempo.

6 comentários:

Elsa TR disse...

Podes fazer o mesmo ao sol num jardim. Vá, amanhã.

Erre disse...

É precisamente isso que tenho dito a mim mesmo =P

https://www.youtube.com/watch?v=Tnzy2KS9IVs

Elsa TR disse...

Talvez se for outra pessoa a sugerir a coisa se dê :)

Erre disse...

;)

Elsa TR disse...

E então, puseste o nariz fora de casa para apanhar sol? Ou é amanhã?

Erre disse...

Sim, hoje saí de casa. ;)