sábado, 20 de janeiro de 2018

Cenas da vida de um adulto


Ainda me lembro dos tempos em que um tipo ansiava pelo verão por causa das férias, para poder ir para a praia, ou até mesmo por começar a ver a indumentária das moçoilas a diminuir à medida que a temperatura sobe.

Agora um tipo anseia pelo verão, mas só na esperança que a conta da luz baixe.


sábado, 6 de janeiro de 2018

Sinais de que estou a passar demasiado tempo sozinho



Sou só eu, ou existe uma correlação positiva entre o envelhecimento e a criação de cotão no umbigo?

É que o meu umbigo nos últimos tempos parece uma fábrica de cotão, numa dimensão de que não há memória nestes 31 anos de existência.



terça-feira, 21 de novembro de 2017

Constatações enquanto se lavam dentes


"Quanto mais inalcançáveis são, mais bonitas e atraentes me parecem."


E pronto, vim só sacudir a poeira a este blog com isto. Agora vou levar a autocomiseração ali para o trabalho.


segunda-feira, 11 de setembro de 2017

Por aqui parece que só o tempo é que passa


Hoje tive mais um "quase" na minha tentativa de carreira profissional. E com ele lembrei-me de um post de há uns tempos (ler aqui) que me levou mais uma vez a constatar que por mais que tente que isto mude, mais a coisa fica na mesma. "Tenta mais, esforça-te mais, arrisca mais", dizem-me, e eu já não sei como reagir. Um tipo quer manter-se optimista, mas o desalento assenta e se calhar 4 anos sem conseguir voltar a trabalhar na minha área são um sinal de que é melhor dedicar-me à pesca.


domingo, 23 de julho de 2017

Coisas que se descobrem quando se passa a ficar a cargo das lides domésticas



O pior castigo que podem dar a um obsessivo-compulsivo é colocá-lo a lavar tupperwares. Acredito piamente que há todo um oitavo círculo oculto no Inferno de Dante composto exclusivamente de tupperwares sujas para lavar.



quinta-feira, 13 de julho de 2017

Resumo de duas semanas e meia a viver sozinho


Nunca em toda a minha vida me ocorreu que eu e o Capitão Iglo viéssemos um dia a ser grandes amigos.


terça-feira, 4 de julho de 2017

Saindo debaixo duma pedra


Mudei finalmente de casa há coisa de uma semana, e ao fim de todo este tempo de blackout tecnológico, tenho finalmente serviço de televisão e internet aqui na man-cave.  Ao ligar a televisão e parar num canal noticioso apercebo-me que se anda a discutir seria e afincadamente a possibilidade de um clube de futebol ter contratado serviços de bruxaria (ler aqui). 

Bom saber que não fui só eu a retroceder ao século XV nos últimos tempos...



quarta-feira, 7 de junho de 2017

Constatações idiotas


Sempre que vejo uma selfie de alguém que lhe colocou um daqueles filtros de alegado embelezamento em que os olhos ficam maiores, eu sei que aquilo é suposto ficar mais bonito, mas eu não consigo deixar de me lembrar do Gollum do Senhor dos Anéis.


E isto não é bonito...



sábado, 3 de junho de 2017

Sabes que estás velho...



Quando vais ao médico, entras no gabinete e te deparas com alguém a atender-te que, por comparação, te parece uma criança.


sábado, 20 de maio de 2017

"Um homem não se governa sozinho"


Porque estamos mal habituados, pensei eu ao ouvir as palavras do meu avô. Há vários dias, semanas até, que a antecipação desta conversa me causava ansiedade e noites em branco. A visão que temos do mundo e da sua realidade é tão divergentemente marcada que temi a sua reacção. Mas enquanto lhes explicava as razões que me levam a sair de casa, por que motivo é importante e premente fazê-lo agora, e como até é positivo uma pessoa viver sozinha antes de se juntar com alguém, a conversa foi bem mais simples e indolor que o esperado. 

De tal maneira que até tive direito a um "tu não tens sido um tipo parvo, és esperto, e fazes as coisas com cabeça", o que, traduzindo para quem não está habituado ao discurso escasso em manifestações de afecto típico desta casa, significa algo semelhante a sentimentos de orgulho. 

Acho que hoje vou dormir descansado.