sábado, 20 de julho de 2013

Fuck it!

Completamente imbuído no espírito de mudança presente no post anterior, ontem fartei-me disto tudo, não pensei duas vezes e candidatei-me a isto aqui. É só uma candidatura ainda, é verdade. A acontecer será só em 2014, é certo. Mas para quem me conhece sabe que eu contemplar, ainda que remota e temporariamente, a hipótese de deixar o meu pais é um impensável passo de gigante.

9 comentários:

Elsa TR disse...

Curiosamente estive precisamente a ver isso há uns dias e a pôr essa hipótese.

Elsa TR disse...

(mas "borrei-me" e desisti da ideia)

vai contando novidades!

Erre disse...

I will. ;)

Também não foi fácil tomar a decisão... ajudou o facto de ser provavelmente tanta gente a concorrer que não devo passar desta fase, e também como é só para o ano, esse longínquo e distante tempo, muita água irá esperançosamente correr e quem sabe até lá já esteja noutra. =P

Bolacha disse...

Hey... só custa no início ;)

Erre disse...

Tu melhor que ninguém, sabe-lo bem. =)

E sim, acredito que, sem o saber, ultrapassei a pior fase do processo: a psicológica. O resto, veremos como corre e se chegarei a ter de enfrentá-lo sequer... ;)

Elsa TR disse...

Eu, com sorte, consegui ir para fora cá dentro... por um ano.

Take it as it comes, keep fighting.

Bolacha disse...

Falando da minha experiência, o mais difícil não foi candidatar-me. Foi uma decisão fácil, até: 'queres ir fazer um estágio para onde? Para fora!'. Soou normal. Quando a notícia chegou também fiquei super entusiasmada, os preparativos também foram pacíficos, o pior foi o dia em que cheguei e os dois ou três que se seguiram. Acho que já explorei isso até à exaustão (pelos visto tu sabe-lo), tenho que começar a falar das coisas boas senão até parece que estou a fazer um enorme sacrifício, o que não é verdade, é uma experiência do caralho.

Erre disse...

Acredito mesmo que sim (e não fiquei nada com a sensação de sacrifício!) e vou ficar então a aguardar por mais relatos da tua aventura. Tem sido muito interessante e inspirador, até. =)

Erre disse...

Elsa, I will, I will. ;)