quinta-feira, 30 de setembro de 2010

Morte à burocracia!

Não há nada melhor para nos estragar o dia do que ir aos Serviços Académicos da nossa Universidade, com o fruto do nosso trabalho, referente a um longo e atribulado ano, todo impresso e encadernado em cinco dispendiosos exemplares, e nos recusarem o mesmo porque a folha de rosto não tem todos os dados que já estão na capa do mesmo trabalho.

2 comentários:

pedro b disse...

ahahah... também tive disso! a minha sorte é que eu entregava tudo na secretaria do meu departamento, onde as senhoras são simpáticas para comigo. se fosse na secretaria central, o mais certo era levar com o olhar do "mas-ó-menino-não-sabe-que-existem-regras-e-que-ninguém-pode-fazer-o-que-muito-bem-lhe-apetece?-e-já-agora-despache-lá-isso-porque-são-quase-16h-e-temos-de-fechar.-*suspiro*-nunca-mais-chega-a-reforma..."

Metacrítico disse...

Ah, mas devo ter de tal maneira mudado de cor quando me disseram que não podia entregar a tese, que consegui provocar um olhar de pena, ainda que por uns segundos, na senhora que lá está sempre com ar que todos lhe devem e ninguém lhe paga.

Por isso, apesar da frustração de ver o meu trabalho recusado por causa duma página que não tem peso nenhum no conteúdo do mesmo, este meu feito impensável até que compensa um pouco o resto. =P