quinta-feira, 19 de agosto de 2010

Estafermo imprestável, palerma e mal-amado

Uma tese de mestrado onde os resultados escasseiam, que só te apetece atirar para o caixote do lixo mais próximo e cuja discussão há duas semanas que tentas em vão começar.

Um blog onde há mais de um ano tentas infrutiferamente escrever alguma coisa verdadeiramente razoável e que aches que valha a pena.

Uma rapariga simpática que trabalha num dos bares que frequentas e que não consegues fazer com que repare minimamente em ti.

Um problema de saúde que teima em não te dar descanso, provavelmente por causa duma falta de determinação para perderes os quilos a mais e para deixares de ter uma vida sedentária e monótona.

Uma falta de inteligência geral devida a uma reduzida estimulação intelectual ao longo deste quase (falta o quase) quarto de século de existência.



Eu bem que tento ser menos pessimista, mas está difícil...

3 comentários:

T disse...

1 - Estás a ser estúpido e preguiçoso

2 - Acho que nunca te empenhaste a sério nisto.

3 - Tu ainda não fizeste nada para que ela reparasse em ti, desistes antes de começar.

4 - Estás sempre a tempo de mudar isso, só não o fazes porque não queres.

5 - Se achas isso, pega na merda de um livro e para de te lamuriar.

Metacrítico disse...

You know me, I'm a whiney little brat. =P

Provavelmente quando finalmente desencalhar com a nº1, a auto-estima sobe um pouco e o resto compõe-se mais.

T disse...

Ou então podias fazer o mais racional e parar de colocar bloqueios desse género a ti próprio.
Quando terminavas os anos lectivos e ficavas sem preocupações académicas durante 2 meses o resto também se compunha?

Faz a tese o melhor que puderes, não interessa se não é o que tu achavas como ideal, nunca vai ser.
Se queres escrever, dedica-te a sério a isso e mentaliza-te que vais sofrer até sair algo bom e 99% vai ser merda - por isso tens de o fazer em grandes quantidades. Não desistas só porque achas que é difícil, como desististe de aprender a tocar guitarra.
Se te queres meter com a rapariga do bar, é só meteres-te. Ainda não foste rejeitado. Para seres rejeitado tens primeiro de arriscar, e mesmo que sejas vale a pena nem que seja para surpreenderes os teus amigos com a tua valentia e eles talvez te pagarem um copo.
Começa a fazer-te homem e a comer mais vegetais e deixa algumas das coisas que te fazem pior. E vá, não tarda damos outra corridinha e isso só te faz bem, mas entretanto podes fazer mais exercício em casa.
Quanta à falta de inteligência deixa-te é de merdas. Se é uma questão de te quereres sentir mais informado, faz o que eu faço: lê jornais, sites de notícias, folheia um livro de filosofia, etc. Se tens preguiça demais para isso, sei-te indicar canais no youtube com gente que faz isso e que são óptimos para te fazerem pensar em conceitos que nunca pensaste antes.