quarta-feira, 7 de agosto de 2013

Estou que nem posso...

Isto de atender chamadas em regime de formação durante 8 horas por dia, sendo que depois de contratado ficarei apenas 4 horas, tem muito que se lhe diga, principalmente se tivermos em conta que até ao final da semana passo a sair às 20 horas.

Para quando um Apocalipse zombie, mesmo? É que um agora vinha mesmo a calhar...

8 comentários:

Elsa TR disse...

Se arranjar maneira de provocar um, há-de ser por estas bandas, lamento :P

Erre disse...

Ah, não tem problema que isso é coisa para se propagar rápido. ;)

Elsa TR disse...

Não há meio.

Então e quanto falta de formação? Já te sentes mais à vontade? Alguma peripécia?

(nunca se me esgotam as perguntas, que vergonha)

Erre disse...

Pergunta à vontade. ;)


O contrato de formação diz que é até dia 23. Depois disso, logo se vê.

Hoje até foi mais calminho e foi-se fazendo, apesar de ter saído às 20... Peripécias, houve várias, umas mais graves que outras, mas engraçada mesmo foi hoje ter corrigido algo que uma chefe tinha feito mal. Não são só os novatos que fazem asneiras, pelos vistos. =)

Elsa TR disse...

Eheh tão bom quando isso acontece :) veremos como corre então. Boa sorte e vai contando pormenores que quem está de fora nunca se apercebe ;)

Erre disse...

Houve outra mais ridícula ainda. O facto de ter estado o dia todo ontem com os headsets a atender chamadas está a deixar-me condicionado de tal maneira ao toque de chamada a entrar que, quando fui dormir, sempre que adormecia começava a ouvir o dito toque acordava e até me endireitava na cama. Só faltou mesmo começar a dizer a frase de início. =P

Elsa TR disse...

Ahahahah endireitas-te quando ouves o toque de chamada? :D e qual é a frase de início (mais ou menos)?

Erre disse...

O cão do Pavlov babava-se quando ouvia a campainha, já eu começo a atender pessoas com "sorriso na voz". =P

«Bom dia/ Boa tarde, está a falar com ... Em que posso ajudar?»