quinta-feira, 3 de março de 2011

Finalmente...

... que oiço alguém a falar com um mínimo de bom senso sobre o assunto (ouvir aqui).

É que sempre que me digno a assistir a algum programa relacionado com o famoso tema da "geração à rasca" a conversa começa e acaba sempre com as típicas insinuações de que somos mimados, caprichosos, preguiçosos, passivos e pouco empreendedores, que não nos queremos sujeitar ao que há, e que deveríamos era ser todos engenheiros e economistas formados nas melhores faculdades do país, que esses sim têm todos emprego ao fim de seis meses. O chorrilho de insultos estereotipados costuma ser tanto que começava a perder a vontade de assistir. A vontade e a esperança de ver alguém não pertencente a esta "geração" a abordar o assunto seriamente e sem facciosismos.

2 comentários:

T disse...

"FACCIOSISMOS"!!! Fantástico.

Metacrítico disse...

Pá, apesar do nível duvidoso do post anterior, ainda sei algumas palavras "caras". =P